sexta-feira, 8 de julho de 2016

COM A PACIÊNCIA ESGOTADA, VICE PEDE A PRISÃO DA PREFEITA DE IGARACY

O vice-prefeito de IGARACY Aldo Brasileiro Lima, entrou na Justiça com um Mandado de Segurança com pedido liminar visando receber seus subsídios suspenso desde o mês de janeiro por sua Prefeita Constitucional, o que foi prontamente atendido, conforme sentença constante nos autos.. Na referida sentença, MM. Juíza ordenava que ela efetivasse o pagamento regular dos subsídios do vice-prefeito, até o último dia de cada mês, enquanto perdurasse o seu mandado eletivo, regularizando-se ainda décimo terceiro e férias.  Consta ainda a advertência que em caso de descumprimento poderá ter sua Prisão decretada, conforme prevê o Art. 330 do Código Penal. Entretanto, a Senhora Prefeita continua a desafiar a justiça e descumprir a decisão. Advogado Manoel Nouzinho da Silva, que representa o vice-prefeito, tentou de todos meios amigáveis solucionar a questão, tendo inclusive conversado com o Procurador do Município Dr. Marcílio Batista, tudo em vão.  Pela segunda vez que a Prefeita é notificada para cumprir a ordem judicial. Desta vez a Ilustre Magistrada da Comarca de Piancó determinou a aplicação de uma multa diária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais ), em persistindo o descumprimento será decretada sua PRISÃO. A digníssima Prefeita, tratamento dado por seus babões enquanto estiver na Prefeitura, tem que entender que perseguição política não leva a nada. É certo que tudo isso poderia ser evitado e reduziria gravosos custos judiciais se a Gestora cumprisse sua obrigação decorrente da presente ação. Por isso, considerando a teimosia da Senhora Prefeita em não cumprir a Ordem Judicial, só lhe restou pedir sua Prisão para que ordem seja estabelecida 
 

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Prefeitura de João Pessoa

Prefeitura de João Pessoa aluga casa: 
Usa, Abusa, Destrói, Abandona, Não Paga o Aluguel, Não Recupera e Não Devolve.  Sou funcionário público, passei a vida inteira pra comprar uma casa, aquela que agente considera como sendo a casa dos "seus sonhos", localizada na Rua - Olivia de Almeida - 50 - Cristo - João Pessoa.   Desde 2006 quando o Prefeito era Ricardo Coutinho aluguei essa casa a Prefeitura de João Pessoa para que ali fosse instalado o Distrito Sanitário II (Secretaria da Saúde) localizado no bairro do Cristo Redentor.  Até ai tudo bem, porque naquela época o Prefeito pagava em dia.   Hoje, a situação é de calote.  Além de não pagar os alugueis desde novembro de 2015, o governo municipal tem se negado a devolver a casa, para que o imóvel -  possa ser alugado a outro inquilino, o que só tem piorado a sua situação financeira. Durante todo o período da locação da Administração de Luciano Cartaxo a Prefeitura jamais pagou em dia uma vez sequer. Apesar de toda essa contumácia nos atrasos dos alugueis, nunca lhe foi cobrada multa nem juros.  Afora isso ainda sou obrigado a pagar o IPTU e a TCR da própria residência locada.  Nas datas estabelecidas para o reajuste pelo índice oficial, a Prefeitura simplesmente não reajusta.  Por diversas vezes procurei as autoridades a procura de uma solução amigável. Tudo em vão.  O pior de tudo é que na residência durante o período de ocupação, não passaram sequer uma mão de cal. A casa está desmoronando sem que a Prefeitura tome qualquer providencia.  Segue em anexo uma foto da residência localizada na Rua - Olivia de Almeida - 50 - Cristo - João Pessoa. 
Manoel Nouzinho da Silva Fone: 99837-3545

terça-feira, 19 de abril de 2016

Tiririca esteve no hotel de Lula antes de votar a favor do impeachment

O deputado Tiririca (PR-SP) negou, em mensagem publicada na sua página no Facebook, ter se encontrado com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pouco antes da votação do processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados, no domingo (17), ocasião em que teria prometido voto a favor da presidente. Tiririca não seguiu a orientação do seu partido, base do governo, e foi um dos 267 deputados que votaram sim, recomendando o avanço do afastamento de Dilma. "Quem me conhece sabe que não participo de nenhum tipo de reunião que envolva minhas convicções e crenças. O meu voto veio do coração e de acordo com o que acredito. Vim do povo, sou do povo e trabalho para o povo", escreveu o deputado. Ao acompanhar pela TV a votação do domingo ao lado de Dilma e de outros integrantes do governo, Lula teria reagido com indignação à suposta mudança de voto de Tiririca: "Esse cara esteve comigo hoje. Como ele faz isso? Ele ia votar com a gente".

sábado, 17 de outubro de 2015

Vice Prefeito de Igaracy não recebe salário e cobra na Justiça.


O ano eleitoral em Igaracy mal iniciou, mesmo assim a “guilhotina” começou a funcionar, “cortando cabeças” de quem não reza na cartilha da Prefeita Municipal. A primeira vitima é exatamente o Vice-prefeito Aldo Lúcio Brasileiro Lima eleito nas últimas eleições municipais de 7 de outubro de 2012, juntamente com a Prefeita Deusaleide Jerônimo Leite. Seu salário estava em dias enquanto era aliado da atual prefeita. Mas, após o rompimento está sofrendo perseguição e perdeu espaço na administração municipal. E o que pior. Teve seu salário suspenso sem qualquer justificativa plausível a não ser perseguição política segundo afirma o Vice Prefeito.  Primeiro começou atrasando uns dias, depois um mês, a agora chegou a vários meses. Porem não restou alternativa a não ser entrar na Justiça e foi o que fez, impetrou um Mandado de Segurança e distribuído na Comarca de Piancó/PB. Nesta ação patrocinada pelo Advogado Manoel Nouzinho da Silva, deixa claro que o salário é um direito social do trabalhador, instituído na Constituição Federal, e visceralmente vinculado ao Princípio da Dignidade da Pessoa Humana.  Finaliza tecendo considerações acerca da atitude abusiva e ilegal, violando os direitos constitucionais.  Pede o deferimento de liminar para que a Senhora Prefeita efetue o pagamento dos subsídios dos meses julho agosto e setembro, e se abstenha de efetuar a sustação nos meses subsequentes, sob pena de aplicação de multa cominatória de 10% do valor total por dia atraso, com a remessa dos autos ao Ministério Público, para que adote as providencias necessária. 

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Selfie da fotográfa MARINA


RESGATE DO PASSADO.

Toinha Batista,  ontem, hoje e sempre. Além de  Toinha identifiquei Ducarmo. O restante e a data deixo com você.

RESGATE DO PASSADO.

AÍ ESTÃO: Oscar Martins, Chiquinha, Zé Harmando, Margarida, João Noelson, Aildo Costa, o restante fica por sua conta. Quanto ao local e a provável data, a certeza que é do século passado.

RESGATE DO PASSADO.

FILHOS DE IGARACY EM FOTOS: Bom vamos tentar descobrir o local e identificar as pessoas, sem esquecer também da vaca. Primeiro acho que o local é ao lado quase frente da casa hoje pertencente aos herdeiros de seu Chico Barros vizinho a Djalma Costa. Quantos as pessoas achei parecida com Ducarmo e logo atrás seu PAI Marciano Costa. Os demais deixo pra você, inclusive a vaca e as crianças debaixo da árvore. 
Resposta de Lourdes Souza:
Elias irmão de Antônio de Zilda, Maria Costa, Socorro de Marciano, Ducarmo, Seu Marciano e Lourdes Costa. Os guris não dá pra saber. Não estou bem certa o local se for onde você diz era a casa de Djalma.

REGATE DO PASSADO.

FOTO MUITO ANTIGA (cedida por Ducarmo).  Creio que o caminhão está estacionado em frente a casa de João Costa carregado de algodão. Se você puder acrescentar mais algum detalhe, por exemplo, se dá pra identificar alguém da foto. Se sabe da provável data etc, diga.

RESGATE DO PASSADO.

Dia 31/01/1973.
Presentes: Chico Brasileiro, Zé Lopes, Clóvis Brasileiro, João Costa Brasileiro, Zé Pedro e finalmente a empossada Ducarmo. Posse de que! Não me pergunte, Com a palavra, a empossada.

RESGATE DO PASSADO.

Outra foto antiga.
Se você aumentar o zoom verá que a placa do veiculo é B dos Cochos. Consegui identificar Zé Lira em pé no lado da direção. Creio que deva ser dia desfile de 7 de setembro. Quantos aos demais deixo com você, sobre a data da foto, proprietário do Jeep

domingo, 26 de julho de 2015

RESGATE DO PASSADO

QUANTA DIFERENÇA. Veja quando podíamos caminhar na praça. A criançada podia brincar e correr. Hoje se transformou-se numa verdadeira favela de barracos interrompendo o passeio, com o centro da praça onde deveria existir um relógio, transformou-se também de forma ilegal em um bar, abarrotada de mesas para consumo de bebidas alcoólicas quando deveria ser utilizadas para laser da população.

domingo, 19 de julho de 2015